Buscar
  • Francini Wahlbrink

Como otimizar a rota de vendas em 6 passos

Quem diz que um bom vendedor vende qualquer coisa está mentindo. O que existe é técnica, muito estudo e planejamento por trás de profissionais de alta performance na área comercial. Estar preparado para o que vai enfrentar é o primeiro passo para uma jornada bem-sucedida. Dessa maneira, criamos um conteúdo sucinto e completo de como otimizar a rota de vendas em 6 passos que podem ser aplicados a partir de hoje. Confira!


Como iniciar a rota de vendas? Essa é a dica zero, sem ela nem adianta dar o próximo passo. É essencial ter um planejamento estratégico na área das vendas. Sem ele, a equipe não possui um foco definido e por melhores que sejam os profissionais, podem não entregar o resultado desejado. É preciso estabelecer metas de curto prazo e objetivos para um período. Além de fornecer ferramentas para os colaboradores compreenderem que estão no rumo certo, além de terem plena consciência do que lhes é esperado e o que encontrarão lá na frente. #1 Analise os público-alvo O primeiro passo para uma rota de vendas eficiente é mapear o público-alvo. É preciso saber exatamente com quem a empresa busca fechar negócios e quais são as dores que se propõe a resolver. Conhecer o público significa ter a possibilidade de adaptar a linguagem com que irá se comunicar, oferecer produtos que façam sentido para uma determinada faixa etária, e ainda criar soluções que atenda necessidades específicas. E isso não se aplica apenas a vendas direto ao consumidor final. Mesmo negócios B2B podem se beneficiar dessa análise. No nosso blog temos um artigo exclusivo para ajudar você a impulsionar as vendas B2B. Confira! #2 Conheça os próprios produtos Logo após investigar o público, analise os resultados da empresa. Gere um relatório que indique os serviços mais contratados, os produtos mais vendidos, o nível de satisfação do cliente, o tempo de vida médio do consumidor e até mesmo os itens com maior rentabilidade. Dessa maneira, é possível focar a soluções certas nas pessoas certas. #3 Invista em marketing e integre ao setor O maior erro de qualquer negócio é investir pesado em marketing e não preparar a equipe de vendas para isso. Pode parecer óbvio, mas precisamos deixar claro que marketing e vendas são os dois lados da mesma moeda. É essencial que o vendedor esteja ciente da proposta que as campanhas entregam ao consumidor, de modo a oferecer exatamente aquilo que é divulgado e que atraiu o indivíduo em primeiro lugar. Além do mais, sem marketing negócio nenhum sobrevive, mas sem vendas recorrentes também não. #4 Crie um roteiro Vendas não são um processo orgânico. É essencial estruturar a sua equipe para oferecer da maneira correta. É preciso prepará-los para as objeções do consumidor, além de treiná-los para fechar um negócio pensando no próximo que pode surgir desse. O roteiro é uma maneira de padronizar o atendimento, de modo a garantir que todos os consumidores tenham experiências parecidas e de encantamento com a marca. #5 Ouça os vendedores Esses colaboradores estão na linha de frente. Eles conhecem as dores específicas de cada cliente em potencial, dessa maneira podem surgir com soluções inovadoras. O papel de um líder é ouvir e saber filtrar aquilo que pode, de fato, alavancar os negócios e ampliar os resultados. #6 Acompanhe o cliente além da porta Todo consumidor não busca apenas produtos, mas uma experiência completa. É o papel do vendedor de alta performance oferecer suporte antes, durante e depois do negócio ser fechado. Isso se chama Customer Relationship Management. É esse acompanhamento que garante a fidelização e recorrência na receita. Cada empresa possui as necessidades específicas, dessa maneira é essencial planejamento e conhecimento das próprias metas e objetivos para se traçar uma rota de vendas ideal. Com esses passos, é possível alavancar a equipe de venda e trazer grandes resultados. Gostou deste artigo? Acesse o nosso blog para obter mais conteúdos como esse!

39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo